Expectativas...

Olá, 2014 chegou e começou cheinho de expectativas... 

César está ótimo, graças a Deus!
Está falando tudo, compondo até frases, tipo assim "mamãe dá a bola por favor", tá um lindo! Se expressa direitinho, fala quando quer dormir, gagau, bola, mostra um dodói quando se machuca, pede água... estamos radiantes, é maravilhoso quando nossas crianças passam a interagir mais conosco.
Finalmente conseguimos fazer sua tomografia depois de um atraso tremendo por conta do plano de saúde na liberação. Agora estamos ansiosos para que seu neuro avalie o exame, mas ele está de férias... aff... como é difícil esperar... Apesar da válvula estar fora de seu posicionamento normal, até o presente momento ele não tem demostrado qualquer tipo de mal estar ou comportamento estranho...

Em janeiro comemoramos o 1º aninho do cateterismo de Cesinha e 01 ano sem infecção urinária!!! A comprovação através da prática de que o procedimento é eficaz. Nos esforçamos muito em fazer tudo da melhor maneira possível, às vezes nos deparamos com imprevistos, alguns atrasos, mas graças a Deus o cat já se incorporou à nossa rotina de vida.

Estamos de férias do grupinho de bebês no Sarah. Estive lá para buscar um relatório médico que a escola havia solicitado. Aproveitei para conversar com a enfermeira como seria o cateterismo durante o período escolar. Ficou combinado que os horários sofreriam alterações, evitando assim que atrapalhe as aulas. Como ele vai estudar pela manhã, ficou da seguinte forma: 06:30hs - 12:00hs - 16:00hs - 20:00hs - 24:00hs (sonda aberta).

Na véspera do volta às aulas, tive a oportunidade de conhecer a professora e conversamos bastante sobre Cesinha e seu diagnóstico. Gostei dela, me assegurou que faria o possível para que a adaptação dele à escola fosse o mais tranquila possível. Chegou o dia 04/02 e lá fomos nós pra escola: Dudu não teve dificuldade alguma, rapidamente se entrosou com seus novos coleguinhas e foi pra sua sala de aula, já Cesinha... pense num dia tenso... César ficou muito arredio, se recusou a ir para o chão, pedia para voltar pra casa, apertava forte o meu pescoço. A sala deve ter em torno de umas 15 crianças, a pró e 02 assistentes. Metade das crianças choravam de um lado, de outro metade das mães, a professora e suas ajudantes tentando conter a agitação... e eu lá perdida em meus pensamentos... Fui tomada por uma sensação de medo, um temor de deixar meu filho, no meio de tantas crianças correndo elas teriam tempo pra ele? será que meu pequeno ficaria sozinho num canto? Com um turbilhão de paranóias em minha cabeça dei um basta e decidi: "ele precisa passar por isso!". Com o coração pequenino e apertado entreguei meu filhote à pro e voltei pra casa. Arrasada, insegura, cheia de preocupações... Confio a Deus a vida de meu pequeno, sei que Ele não permitirá que nada falte a César, mas também sou mãe, sou passível a erros, e ainda "piro na batatinha"... Preciso aprender a dividir a tarefa de cuidar dele, confiar suas rotinas, não posso impedir suas vivências nem atrapalhar suas experiências... lembro-me que sofri da mesma forma quando optamos por deixá-lo na creche aos 05 meses de vida. No decorrer dos dias fomos todos nos adaptando à rotina escolar e creiam, Cesinha tá tão bem na escola que na última sexta quando mainha foi buscá-lo, não queria voltar pra casa! Conversando com a pró e as pessoas que tem lidado com ele, só tenho escutado coisas boas: é um amor de menino, se expressa direitinho, tem lanchado e interagido com as demais crianças de boa. Ufaaaaaa, acho que eu estava sofrendo mais que ele... rsrs... Agora estou com o coração tranquilo. Foi acordado com a diretora da escola que Cesinha passaria por uma experiência nos primeiros 15 dias de aula e aí observaríamos sua adaptação como seria. Ela me assegurou que ele só não ficará na escola se não se adaptar às rotinas. 1ª semana passou de boa, creio em Deus que com o passar dos dias o próprio César nos mostrará se está pronto ou não para a escola.

Depois volto trazendo notícias da escola e o tão esperado resultado da tomografia. 
De hoje em diante só quero boas notícias!!!!!



Um grande abraço, Marcella :)

Comments
2 Responses to “Expectativas...”
  1. Primeiramente gostaria de pedir licenças. Estamos fazendo uma pesquisa para o desenvolvimento de um produto voltado a crianças com com Mielomeningocele. Este produto pretende melhorar a qualidade de vida destas criaças provendo uma melhor convivência com a Incontinência Urinária. Hoje temos um produto para adultos portadores de IU e pode ser encontrado em www.retex.com.br

    Respondendo a pesquisa no link abaixo vocês nos ajudarão a desenvolver um produto que ajude no aumento da qualidade de vida das crianças com Mielo.

    https://incontinenciaurinari.typeform.com/to/Bvr9XV

  2. Marcella says:

    Olá Denis, acessarei o seu link e farei tudo o que for possível para auxiliar em pesquisas que visem a melhoria de vida de nossos mielinhos! Agradeço pelo seu contato :)

Leave A Comment

Tecnologia do Blogger.