Cuidados com o aparelho digestivo...



 Nos DTNs, o controle das funções intestinais está prejudicado devido à interrupção da condução do impulso nervoso até o seu destino. As dificuldades se apresentam em graus variados dependendo da altura da lesão na coluna e a respectiva gravidade. A alimentação rica em fibras, os exercícios físicos adequados e a boa hidratação podem ajudar no combate à constipação e na busca da continência.
Este é mais um tema pedido através do site que resolvemos abordar de forma ampla para poder ajudar outras pessoas a lidar com uma das questões mais delicadas da vida dos portadores de defeito do tubo neural: seu intestino. O tema é extremamente complexo e as observações e sugestões podem variar muito para cada pessoa. Por isto, resolvemos abordar os pontos de maior convergência.
O que é o bom hábito intestinal? 
É a adoção de rotinas que permitam o esvaziamento regular do intestino.
Quais os fatores necessários para atingir esta condição? 
Em primeiro lugar a dieta deve ser equilibrada, com quantidades adequadas de fibras e líquidos, além da prática de exercícios físicos, dentro das possibilidades de cada um.
Por que nos DTNs o funcionamento do intestino está prejudicado? 
Nos portadores de espinha bífida, a motilidade intestinal prejudicada (intestino neurogênico) se deve à interrupção dos estímulos nervosos na região do defeito da coluna. Ou seja, os centros controladores da função intestinal ficam isolados pelo defeito na medula: suas ordens não chegam ao destino.
Quais os problemas mais comuns? 
A maioria dos portadores de DTNs apresenta constipação ou algum grau de incontinência intestinal. Nos primeiros, a evacuação é dificultada pela condição, enquanto que os outros apresentam perda espontânea de fezes. A razão é que muitas vezes os indivíduos devido à desnervação regional não têm a percepção adequada do preenchimento do reto.
Quais são os objetivos de uma boa programação do intestino? 
É importante estabelecer algumas metas para a boa manutenção do intestino. As vantagens são muitas, entre elas: 
- Redução de infecções urinárias. Quando as fezes permanecem retidas no intestino por longos períodos de tempo, isto aumenta a quantidade de bactérias potencialmente perigosas para o desencadeamento de infecções do sistema urinário.

- Melhora do esvaziamento da bexiga. As fezes presentes no intestino podem provocar deslocamento e conseqüente dificuldade de esvaziamento da bexiga. Os resíduos urinários devido ao esvaziamento incompleto da bexiga são importante causa de infecção urinária e sua repetição pode acabar lesando até os rins.

- Diminuição de problemas com a válvula de drenagem. A constipação do intestino pode prejudicar o funcionamento do shunt, diminuindo o fluxo liquórico.

- Redução do risco de câncer de cólon. Hoje é sabido que a retenção crônica de fezes aumenta muito o risco de câncer do intestino grosso.

- Diminuição da formação de gases. A constipação pode provocar a formação de gases em todo o aparelho digestivo, do estômago até o reto, causando mal estar físico devido a indigestão, desconforto estomacal, cólicas e flatulência, com prejuízos e embaraços sociais.

- Prevenção de problemas cutâneos. A incontinência e o uso de fraldas aumenta o risco de fissuras cutâneas e infecções secundárias por causa do contato prolongado da pele com as fezes.

 - Melhora do desempenho social e profissional. O controle intestinal adequado pode ajudar os indivíduos em suas experiências sociais, pode ajudá-los a conquistar e manter oportunidades de trabalho e, em conseqüência, auxiliá-los na conquista de graus progressivos de independência.
Quando uma pessoa é considerada continente? 
Pode-se dizer que uma pessoa controla sua função intestinal adequadamente quando ela está isenta de acidentes (perda involuntária de fezes).
O que fazer para diminuir a incontinência fecal? 
Embora existam muitas estratégias, tornar-se continente, ou seja, atingir um controle adequado do esvaziamento intestinal, é um processo único e especial para cada pessoa. É importante encontrar a sua estratégia de esvaziamento do cólon antes que ele se encha por si, causando acidentes e embaraços. No entanto, o programa que funciona para uma pessoa pode não ser útil para outra. Uma boa meta é conseguir o esvaziamento previsível pelo menos de 3 em 3 dias.
Que recomendações são dadas por estes programas? 
Consistência das fezes, tempo para a resposta fisiológica e rotina. Estes são os principais ingredientes que podem ser assim definidos: - Exercícios físicos dentro do possível e dieta saudável com suplementos ricos em fibras. É importante também a ingestão de água em quantidades adequadas, pois a hidratação insuficiente contribui para a retenção, endurecendo o bolo fecal. - Eleger horário regular e definido para o seu intestino, independentemente do local em que esteja; - Uso de supositórios, estimulação digital e enemas como adjuvantes da resposta; - Medicações adequadas quando necessárias, como laxantes, óleo mineral etc., sempre, porém, com orientação médica prévia.
Quando se preocupar? 
Se o esvaziamento intestinal não ocorrer por um período de três dias consecutivos, a atenção deve ser despertada. Se não houver ocorrido nenhum fato especial ou sintoma que possa estar correlacionado ou justifique a constipação, em geral, é realizado um enema e alguns medicamentos são ministrados. Se não houver resposta, o profissional de saúde deverá ser procurado para avaliar o paciente e definir a conduta mais adequada.
Um conselho final 
Administrar o funcionamento intestinal é um processo. E isto pode levar tempo. É importante ser paciente e perseverante. Se as estratégias em busca da continência não estiverem dando os resultados desejados, a opinião de um especialista deve ser ouvida.
 

Dr. Hermes Prado Jr
Fonte complementar:
Health Guide for People Living with Spina Bifida
SBAA - Spina Bifida Association of America

Fonte: http://www.hidrocefalia.com.br/jornais/jornal_04_18.htm

, , ,

César Neto: 6º mês de vida...

Trio parada dura!!!!
Colinho do papai...
O Cesinha está enorme e sabidão. Graças a Deus tem se desenvolvido muito bem, tá sapeca, atento ao mundo ao seu redor e está aprendendo a sentar. Estamos estimulando o fortalecimento de seus membros superiores na fisioterapia, ele já tem um ótimo controle de tronco. Estou ansiosa neste 6º mês de meu bb, na semana que vem retornaremos à sua pediatra e será introduzida em sua alimentação dieta sólida. Nos portadores de mielo, a motilidade intestinal prejudicada (intestino neurogênico) se deve à interrupção dos estímulos nervosos na região do defeito na coluna. Ou seja, os centros controladores da função intestinal ficam isolados pelo defeito na medula: suas ordens não chegam ao intestino. Pelo que tenho me informado através dos meios disponíveis, percebo que algumas crianças sofrem com a adaptação ao sólido, ficam constipadas. Desde já peço a Deus que interceda neste processo na vida de César, até agora não temos problemas na eliminação de sua caquinha. Estamos prontos para ajudá-lo no que for preciso. No mais, tudo lindo. Meus filhos são bençãos em minha vida, é maravilhoso vê-los crescendo juntos, Dudu atencioso com o bbzinho e os olhinhos de César brilham quando tem sua atenção.
Quase do mesmo tamanho... rsrs
Tem algo legal acontecendo, o blog tem me permitido contato com outras mães e fico muito feliz com isso, pois se eu conseguir ajudar "umazinha" sequer, já me sentirei muito grata. Desejo de coração que o relato da vida do César possa ser útil em algum momento da vida de outra família.





Confiram abaixo o "vídeo caseiro" do meu lindão, é da hora!!!!

Daqui a uns dias estarei trazendo novidades e o cardápio de Cesinha, um grande abraço!!!!

Você é especial...

Cantei muito essa musiquinha pro Dudu e hoje canto para Cesinha todos os dias...


César Neto: 5º mês de vida...

Tia Geisa me dengando...
Esse banquinho tá é pequeno...
Graças a Deus tudo vai bem. No dia em que meu César completou seu 5º mês de vida estávamos no SARAH apresentando o resultado dos exames feitos em janeiro e o relatório do neurologista. O resultado foi satisfatório e a Drª Graziele questionou sobre infecção urinária, e informamos que até o momento não apresentou nenhum sinal de mal estar do aparelho urinário, Cesinha está nota 10!!! O próximo passo na sua reabilitação será aguardar a organização de uma semana de atividades no SARAH, onde uma série de profissionais irá analisar os pacientes novos, fazer uma triagem individual com cada um e depois de novos exames será determinada a forma de tratamento das crianças. Agora é só aguardar o contato deles, será em março/12 a data a ser definida.






Tia Talita e suas formandas
Esse período da vida de César foi marcado pela minha volta ao trabalho. Passei dias de tensão, num questionamento terrível, uma dúvida em relação a voltar a trabalhar ou ficar em casa com meus meninos. Depois de pesar os prós e contras, optei por retomar minha vida na loja e deixar os meninos na creche. Não foi uma decisão fácil, procurei visar uma melhor condição de vida para eles e "expondo" César à creche também irei facilitar assim seu tratamento indiferente em relação à sua condição. Ele terá desde já contato com outras pessoas, crianças e não ficará com o seu universo limitado aos familiares dentro de casa cercado de tantos cuidados. Meu bbzinho está gostando da nova rotina, já virou o xodozinho da Tia Nerivan e todos por lá cuidam bem dos meus meninos. As aulas de Dudu recomeçaram e à tarde ficam os dois juntos, Du gostou da novidade de ter seu irmão por perto.




"Malhação"
Tia Suy e Tia Geisa
Continuamos com a fisioterapia, indispensável para seu desenvolvimento. Em consulta da pediatra Drª Edilma, ela alertou quanto ao peso de Cesinha, está ficando no limite acima do esperado para a sua idade: 8,760 kg. Até o momento ele só mamava no peito, com minha volta ao trabalho passou a tomar Nan 1. A medida que ela adotou para tentarmos "desacelerar" seu ganho de peso foi aumentar o intervalo de ingestão de leite de 2hs em 2hs para 3hs. Quem não gostou nada desta medida foi o César, mas assim será melhor para ele. A mielo já favorece o ganho de peso por conta da falta de mobilização dos membros inferiores, apesar de estar ganhando peso com uma dieta adequada, o ideal mesmo é desde já fazer um controle desse ganho.



"Até aqui nos ajudou o Senhor." (I Sm, 7:12)

Tecnologia do Blogger.

Curte a gente!

Seguidores

Total de visualizações de página